Blogger Backgrounds

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

domingo, 5 de janeiro de 2014

UM OUTRO OLHAR

A menina brincava no quintal da casa da avó e, correndo, entra chorando e mostra para a avó o dedinho com umas gotas de sangue.

A avó pergunta o que aconteceu e a menina responde:

- Foi a roseira que me espinhou.

- Roseira que a espinhou? respondeu a avó. Mostre qual foi a roseira.

Vão ao quintal e, antes da menina mostrar a tal roseira malvada, a avó lhe mostra uma roseira amarela, outra branca e pergunta:

- Foi alguma dessas roseiras que a espetou querida?

= Não, vovó, foi aquela, a cor-de-rosa.

Com calma a avó diz:

- Mas aquela não é uma roseira... ela é um pé de espinhos que dá rosas. Veja quantos espinhos , muitos mais do que aquelas outras duas... É um pé de espinhos tão bom, tão generoso que nos presenteia com flores.

A avó não soube se a neta entendeu na hora o que ela quis dizer mas, a menininha cresceu, se fez mulher, mãe e também avó.

Ainda hoje ela continua querendo ter aquele outro olhar que a avó lhe ensinou: ver flores num espinheiro.

Aquela menininha... sou eu.

(Mima Badan, neta de Dona Francisca, a Vovó Chica)

Vovó Chica




-:


segunda-feira, 19 de agosto de 2013



"Não quero da vida migalhas...

Quero o que ela tiver de melhor para me oferecer..."

(Mima Badan)

terça-feira, 28 de maio de 2013





VIVENDO

Vivo lá 
e vivo cá

Aqui
cozinho
costuro
lavo 
passo

sonho
viajo
nos sonhos

Aqui
sou adulta
sou criança

Aqui
pés no chão
cabeça no ar

Bom viver
na Terra
e sonhar
na Lua

Como
o poeta
eu vivo
sempre
no mundo da lua.

(Mima Badan)


sábado, 18 de maio de 2013

Chegue
aconchegue-se
a porta está aberta
esperando por você.

Chegue
aconchegue-se
tem café no bule
e bolo só pra você.

Chegue
aconchegue-se
espero abraço
beijo e muito carinho.

Chegue
aconchegue-se
as crianças com a avó
o tempo é todo seu.

Chegou
aconchegou-se
com beijo
e muito carinho.

Fechou a porta
abriu o coração
fechou a cortina
abriu-se pra mim

Só pra mim...

(Mima Badan)











domingo, 7 de abril de 2013

TRAVESSIA

Tem fases da vida em que precisamos

soltar as amarras

e fazer nova travessia.

Dá medo...

Mas é de medo

que é feita a coragem.

(Mima Badan)